image popup mes do consumidor

Consulte condições.

image pop fraude
image pop octboer
Obrigado, não quero negociar

Faça sua cotação

Preencha o formulário abaixo:
Obrigado, não quero negociar

Solicitar agendamento

Blog

Lançamentos, reviews. tudo sobre a marca.

Como transportar seu pet no carro com segurança

14/05/2021 EM Dicas

Saiba como oferecer segurança ao seu amigo quando for passear de carro.


Pode parecer muito fofo um cachorro curtindo o vento na janela ou no colo do seu dono ao volante, mas, cenas como essas podem significar perigo para o dono e seu cão, além de prejuízo no bolso.

Em caso de freadas bruscas, buzinas ou qualquer outra situação atípica que estamos sujeitos no trânsito, um cão solto no interior do carro pode se assustar e vir a colidir com as partes fixas do veículo. Além disso, o cão pode causar dispersão e tirar a atenção do motorista, comprometendo os reflexos imediatos e até impedindo o acionamento dos pedais e uma condução segura.

Além do perigo, transportar animais soltos dentro do veículo pode gerar multa no valor de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira.  Se o animal estiver na caçamba de pick-ups, as punições são: multa de R$ 195,23, 5 pontos na carteira, além ter o carro apreendido.

COMO TRANSPORTÁ-LOS CORRETAMENTE.

Para transportar seu companheiro dentro do carro, sem riscos de acidente e dentro das leis de trânsito, alguns acessórios devem ser utilizados. Confira.

CAIXA DE TRANSPORTE

São caixas plásticas vazadas, com portinhola e alça. Funcionam bem para gatos, cachorros e outros animais de pequeno e médio porte. Escolha o tamanho adequado que ofereça conforto ao animal. Leve-a no banco traseiro e prenda pelo cinto de segurança passando pela alça.

CADEIRINHA

 Opção para animais que não se adequam à caixa de transporte, pois, permite a visualização do movimento. Ideal para cães de até 10 kg. A cadeirinha deve ser presa ao banco traseiro e o seu pet deverá estar preso à guia que tem dentro da cadeirinha.

 CINTO DE SEGURANÇA

 Indicado para cachorros de todos os tamanhos, o cinto é fabricado em material semelhante ao do cinto de segurança do veículo, o que garante a resistência. Uma das extremidades deve ser presa através de um gancho metálico ao peitoral do cachorro e a outra é fixada direto onde prende o cinto do carro.

Junto com o peitoral, o cinto garante que seu cachorro não será enforcado em caso de batida. Use um peitoral no tamanho adequando para que o cão não escape.

Cães ainda maiores devem ser transportados no banco traseiro, com cinto de segurança e grade divisória entre o motorista e o cachorro.

Agora você já sabe como transportar seu pet com segurança e dentro da lei. E se você gostou deste conteúdo ou se conhece alguém que transporta o pet de forma incorreta, aproveite e compartilhe esta informação. Assim todos nós ficamos mais seguro no trânsito.

CARBEL VOLKSWAGEM

Av. Nossa Senhora do Carmo, 540 – Sion – Fone: 31 3280-9500 • Whatsapp: 31 3280-9501

Av. Cristiano Machado, 5055 – Palmares – Fone: 31 3429-5000 • Whatsapp: 31 3429-5001

Ou acesse: www.carbel.com.br